Entenda porque você, aposentado, não está conseguindo economizar

0 Comments

Se você já foi socando dinheiro em uma conta de aposentadoria e estiver pronto para comprar uma casa, você poderia aproveitar que a poupança para aumentar o seu poder de compra, mas para isso é preciso ficar de olho nas dificuldades no meio do caminho.Existem várias maneiras de usar os fundos de aposentadoria para colocar um pagamento em uma casa.

A família é muitas vezes difícil de recusar, mas você tem que lembrar que a sua poupança são fixados para a maior parte, e sua capacidade para ganhar de volta o dinheiro tomado da economia é bastante reduzida na aposentadoria.

Seus filhos vão ser muito melhores equipados para recuperar-se de dificuldades financeiras. A menos que você esteja realmente certo de que você tem o dinheiro para poupar, evitar dar grandes presentes monetários ou de empréstimos, especialmente se você já está fora da força de trabalho.

As pessoas, muitas vezes, pagar sua hipoteca para a maior parte de sua vida e, até o momento de se aposentar, acabar com um monte de participações em casa e com pouco dinheiro deixado.

Enquanto casas de apreciar em valor, os custos de manutenção, incluindo impostos, serviços públicos, serviços, reparos e manutenção é muito para uma aposentada de manusear. Uma vez que você decidiu sair da força de trabalho, presume-se que as crianças devem ter já saiu da sua casa. Você pode reduzir o seu custo de vida com a venda de sua casa e se mudar para uma casa menor que você pode pagar. Você também pode investir o dinheiro restante no mais previsível de renda, a fim de dar suporte ao seu novo.


Lembre-se de que você não vai mais estar ganhando o mesmo que você fez quando você ainda tinha um emprego. É esperado que as despesas já terá ido para baixo por este tempo. Isso significa que o dinheiro que você recebe deve ser suficiente para cobrir suas despesas pessoais.

0 comentários:

Sua aposentadoria na ponta do lápis

0 Comments

Se você acompanha o extrato do INSS mesmo que não seja aposentado já deve ter imaginado  se um dia fará o uso de todo esse dinheiro no momento que não parar de trabalhar. O problema é que a aposentadoria tem mudado muito no Brasil, agora a pouco foi anunciada reformas e isso significa que temos uma população envelhecendo e pouca gente no mercado de trabalho, apesar do grande potencial criativo do país. Essa situação coloca em risco o pagamento dos aposentados e - de fato - manter do jeito que está traria possíveis perigos futuros de acordo com a voz de diferentes especialistas.

O problema é que de acordo com médias do IBGE a idade de vida média dos homens está em cerca de 60 anos enquanto a de  mulheres em torno dos 65. Quando a idade da aposentadoria mínima aumentar para os 70 anos a maior parte da população não chegará nem a fazer uso deste dinheiro mesmo que tenha contribuído a sua vida inteira.


Com base nisso a Previdência Privada tem se tornado o investimento mais seguro para ter uma verdadeira reserva no futuro e que você pode administrar conforme quiser, mas não pode ficar tirando dinheiro todo mês. É um dos que mais rende e não fica penado mesmo sob pena judicial de retirada de bens.  Há muitas foras de investir na  previdência privada, programa oferecido por quase todos os bancos. Hoje, no Brasil, o Banco do Brasil e Bradesco são os que tem as maiores taxas de rendimento.

Para manter o investimento seguro ao invés de acompanhar o extrato do INSS você deve acompanhar o seu investimento todos os meses para saber se está valendo a pena, se é preciso fazer aportes ou não e as vezes é possível até investir em outras coisas. Você é o dono de si mesmo. Precisa mais controle, mas é mais seguro.

É possível realizar o depósito de um valor mensal ou  depositar um dinheiro considerável e deixar rendendo, dependendo de quanto for investimento inicial menor as taxas de manutenção da conta e também maior são os rendimentos. Com esse dinheiro aumentando a cada dia, quando você chegar na idade de se aposentar conseguirá sobreviver somente do rendimento do dinheiro todos os meses sem precisar se preocupar com o seguro social. 

0 comentários: