5 dicas de concentração para as provas

0 Comments

Nosso cérebro é cheio de pregar peças quando o assunto é concentração. Engraçado que ele consegue se concentrar e aprender aquela estratégia mais absurda de um jogo complicado. Mas na hora que precisa sentar para estudar, ler um texto que vai cair na prova parece que a concentração não coopera de jeito nenhum.

Sem concentração vem o desespero, pois não há como focar, guardar informações, raciocinar e aprender o necessário para passar nas provas. Para lhe ajudar, aqui estão algumas dicas de especialistas que ajudarão a ter mais concentração nos estudos e se dar muito bem nas provas. Teste as dicas e veja quais funcionarão melhor para você e boas provas. Veja:



  1. Revisar a matéria que aprendeu em aula – faça a revisão da matéria que você aprende em aula no mesmo dia, não deixe passar muitas horas ou dias, que será muito mais difícil de memorizar. Ainda, poderá esquecer informações importantes que foram ditas e atrapalhar ainda mais os estudos. Fazendo isso, seu cérebro entenderá que é importante e a memorização será muito mais fácil. 
  2. Organização e Silêncio – escolha um local organizado e silencioso para poder estudar. Um lugar com muitas coisas espalhadas atrapalhará a sua concentração e ainda poderá querer procurar coisas pela bagunça, atrapalhando ainda mais sua concentração nos estudos. O ambiente tem ser silencioso para que seu foco se mantenha no que realmente importa, seus estudos.
  3. Produtividade – tente escolher o melhor horário para os estudos. Se seu cérebro é mais ágil e focado no período da manhã, deixe para estudar neste período as matérias mais difíceis. Se a concentração estiver muito dispersa mesmo assim, faça uma pausa e depois volte. Os intervalos entre os estudos são importantes para não ter cansaço mental e manter o foco.
  4. Estude sozinho e tire as dúvidas nas aulas – Não adianta achar que vendo e revendo várias aulas por dia vai ajudar na hora de memorizar um texto para a prova. O importante é estudar sozinho quando estiver dentro da sala de aula. Enquanto o professor faz a explicação da matéria, aproveite para tirar todas as dúvidas e faça o máximo de anotações possíveis. Depois, em casa, estude tudo focando nas anotações que você fez em sala de aula.
  5. Desligue ou mantenha distância dos aparelhos eletrônicos – quando se está querendo manter o foco e ter concentração nos estudos, nada poderá atrapalhar, nem um bipe. Desligue tudo, celular, tablet, televisão, rádio e mantenha o foco no que realmente lhe interessa, os livros e cadernos. Se você deixar, por exemplo, o celular ligado, corre o risco de querer ver aquela notificação do Facebook rapidinho e poderá estender por muito mais tempo e sua concentração acabará. 

Reserve sempre um tempo para suas tarefas diversas como redes sociais e quando for sua hora de estudar você poderá manter o foco e concentração nos estudos sabendo que não tem mais nada a fazer a não ser prestar atenção no conteúdo e gravar em sua memória.

0 comentários:

Como escolher o veículo que agride menos a natureza

0 Comments

Em um mundo onde a poluição é cada vez mais evidente e prejudicial à saúde humana, nada melhor do que comprar veículos que poluam o mínimo possível o meio ambiente, pois as empresas estão investindo em pesquisas para que os veículos sejam econômicos, versáteis e menos poluentes.

Hoje em dia, em um mundo cada vez mais preocupado com o meio ambiente é cada vez mais comum encontrar consumidores que se preocupam em comprar um veículo que polua menos o meio ambiente, principalmente o consumidor das grandes cidades, onde este tipo de problema é bem mais crítico.

Um dos aspectos que devem ser observados na hora de se comprar um carro é verificar o ano deste veículo, pois quanto mais novo o veículo, mais avançada é a tecnologia para evitar a poluição, pois veículos com injeção eletrônica poluem menos o meio ambiente.

Em uma pesquisa feita há pouco tempo com veículos de diversas marcas, modelos e tipos de motores, foi verificado que o Novo Sandero é um dos veículos que menos poluem o ar, pois a medição deste dado é verificado através de quantos gramas do gás carbônico por quilômetro rodado é liberado durante a viagem.


E um dado interessante que nem sempre os veículos que possuem os motores mais potentes são os que poluem mais, pois tomemos, por exemplo, o Renault Sandero com motor 1.6, que é um dos carros tidos como populares e que não é o tradicional 1.0, ele solta 190 gramas de gás carbônico por quilômetro rodado, o que é um bom índice.

Outro detalhe que deve ser verificado é o tipo de combustível que deve ser usado, pois escolha um veículo tipo flex, pois com isso pode utilizar o etanol, que é um combustível que polui menos o meio ambiente, além de ser mais barato, portanto faz bem para a natureza e o bolso.

Prestando atenção nestes detalhes, é possível desfrutar do conforto do automóvel, poluindo menos o meio ambiente, tornando-se um consumidor mais consciente em relação ao meio ambiente, pois cada vez mais atitudes positivas para poluir o meio ambiente são bem vindas e a natureza agradece.

0 comentários: